Tudo que você precisa saber sobre Pix no e-commerce!

Escrito por: Letícia Santana

Assim como em outros segmentos, o Pix no e-commerce veio para facilitar, inovar e otimizar as experiências. Quer saber como? A Spin te explica neste guia!

Assim como em outros segmentos, o Pix no e-commerce veio para facilitar, inovar e otimizar as experiências.

Índice:

1. Em primeiro lugar, o que é Pix?

2. Como o Pix funciona no e-commerce?

3. Vantagens do pagamento instantâneo para o varejo online

4. Quais foram os impactos do Pix no e-commerce?

5. O que mostram os números do Pix?

6. Como ficam as funcionalidades do e-commerce após o Pix?

7. A importância de um intermediário para os pagamentos com o Pix

8. O futuro do e-commerce com o Pix



Navegar pela internet é se deparar todos os dias com uma série de conteúdos sobre os mais variados assuntos. Nesse fluxo, é normal ter dúvidas e, mais normal ainda, ir atrás de quem tem autoridade para falar a respeito do assunto, não é mesmo? O Pix no e-commerce é um tema de grande popularidade e se você procura um espaço com ótimas informações para entender mais sobre o assunto, saiba que está no lugar certo.

Quando dava os seus primeiros passos, o Pix já trazia uma mensagem importante. Com as mudanças e avanços da sociedade, seria urgente que os meios de pagamento fossem alinhados a ela. Mas como fazer isso diante de um cenário tão tradicional? Inovar foi preciso! A implementação do sistema Pix em 2020 e de outros mecanismos um pouco antes, como as famosas carteiras digitais, inauguraram a era tecnológica dos pagamentos.

Na prática, isso significou uma transformação no dia a dia dos brasileiros, promovendo vantagens para o e-commerce e também para os consumidores. Ações como comprar, receber e realizar transações, ganhavam a partir daí um novo corpo. A praticidade e a simplicidade das operações com o Pix passaram a conduzir o comércio eletrônico e a tendência é assistirmos o aumento disso.

Este guia reúne TUDO o que você precisa saber sobre esse processo, ou seja, sobre o Pix no e-commerce, apresentando as respostas para as principais perguntas. Continue acompanhando e descubra cada detalhe!

1. Em primeiro lugar, o que é Pix?

Se você não sabe o que é, não pule este tópico! Entender bem o que é o Pix fará toda a diferença na compreensão do texto como um todo. Imagine que é como um filme, onde o Pix é o personagem principal.

Em linhas gerais, o Pix é uma modalidade de pagamento criada pelo Banco Central (BC), principal autoridade financeira do país. Mas vamos com calma! Em primeiro lugar, vale estabelecer que o Pix é um pagamento gratuito para Pessoa Física, diferente do TED e DOC. Agora falando em semelhanças, o pagamento instantâneo é assim como os outros mecanismos de pagamento (boleto, cartão de débito, TED e DOC), já que todos eles permitem a movimentação de dinheiro.

O grande diferencial é que com o Pix essas movimentações acontecem em pouquíssimos segundos. Isso significa que ao pagar com o Pix, o seu dinheiro é transferido para a conta recebedora quase que de imediato, basta esperar um intervalo de 10 segundos.

Outra característica marcante desse recurso é, por exemplo, a sua disponibilidade. O pagamento instantâneo está disponível TODOS os dias e a qualquer hora, contando, sobretudo, com segurança durante as transações. Além disso, qualquer indivíduo pode utilizá-lo, seja ele uma pessoa física ou jurídica.

Parece até brincadeira, mas, pasme: o Pix é mesmo revolucionário! Para mergulhar no universo do pagamento instantâneo e tirar de vez todas as suas dúvidas, a Spin preparou um super guia, explicando desde os seus benefícios até a forma de utilizá-lo.

Clique aqui para conferir!

2. Como o Pix funciona no e-commerce?

Agora que você já sabe o que é o Pix, chegou a hora de entender como ele funciona no e-commerce. Também chamado de comércio eletrônico ou varejo online, o e-commerce é um espaço virtual onde é possível divulgar para o público os produtos do seu negócio. Se houver interesse, é dentro da própria plataforma de e-commerce que a compra é realizada. Aqui, após a escolha da mercadoria, o cliente deve indicar também qual é a forma escolhida para realizar o pagamento.

Se a resposta pode ser diferente para cada consumidor, uma coisa é certa: para o varejista, a melhor forma de receber pagamentos online é o Pix! O pagamento instantâneo é super intuitivo e dentro do e-commerce ele funciona sem nenhuma dificuldade. Após escolher o Pix como modalidade de pagamento, existem duas possíveis situações. Em casos de compra utilizando o computador, o consumidor vai se deparar com um QR Code gerado na tela de checkout, em que o próximo passo para concluir a compra é escanear o código apresentado.

Se o smartphone for o meio utilizado pelo cliente, a função de Pix Copia e Cola é o que entra em cena. Nessa situação, depois de navegar pelo site do varejo online e adicionar o produto no carrinho é só escolher o Pix como pagamento final e copiar o código gerado no site de compras no aplicativo do seu banco digital ou wallet.

3. Vantagens do pagamento instantâneo para o varejo online

O funcionamento do pagamento instantâneo no seu e-commerce é conduzido de modo simples e sem complicações. Disso e de outros elementos associados à própria natureza do Pix, é possível observar diversos benefícios dessa união. Pix e e-commerce são duas palavras que combinam por motivos simples. A modalidade de pagamento é ágil e fácil, entregando tudo o que o varejo quer: uma jornada do cliente otimizada.

Além disso,o Pix é rápido, democrático e seguro. Em detalhes, isso quer dizer que o Pix oferece uma série de vantagens para o processo operacional das vendas. Em termos de custo, o pagamento instantâneo reduz significativamente as taxas para o varejista. E no que diz respeito à logística só há ganhos.

Devido ao seu processamento rápido, o Pix agiliza também o setor de entregas dentro do e-commerce, o que é super considerado pelos consumidores. Segundo a pesquisa Eu, Minha vida, Minha Carteira 2021 da KPMG, 36% dos clientes esperam que a etapa de entrega seja mais eficaz e sem atritos.

O pagamento instantâneo também traz grandes impactos para a quantidade de vendas dentro das plataformas de varejo online, uma vez que a modalidade de pagamentos atinge públicos que outras modalidades não atingiam. A democracia do Pix é tão boa para a população, quanto para o varejista. Quer saber mais? Confira nosso conteúdo feito especialmente para você! Não perca tempo e descubra quais são as cinco principais vantagens do Pix!

4. Quais foram os impactos do Pix no e-commerce?

Após a chegada do Pix, os varejistas passaram a quebrar menos a cabeça com problemas frequentes no comércio eletrônico. Além de todas as questões de organização do estoque, um outro fator chave para criar complicações nessa área sempre foi o boleto. Mas o que o Pix influenciou nesse cenário? Vamos explicar dando um exemplo!

Utilizando o boleto como forma de pagamento, o processo para as próximas etapas dentro da compra levam um tempinho a mais, certo? Só no processamento do boleto a média é de um a três dias, para depois disso ser emitida a nota e então os serviços de logística prosseguirem com a entrega. Até aí tudo bem... Agora imagine que o consumidor adicione produtos no carrinho, gere o boleto, mas não o pague. O que aconteceria?

Nessa situação, por mais que o cliente não tenha realizado o pagamento de fato, os produtos ficam paralisados no carrinho até os três dias úteis do boleto passarem, atrapalhando a gestão do estoque. A isso chamamos de boletagem. Com o Pix, esse problema tornou-se escanteio. Como o pagamento instantâneo tem caído no gosto dos brasileiros e com ele o processamento da compra é feito na hora, a boletagem é um problema cada vez mais distante.

Além disso tudo, um grande impacto positivo do Pix dentro do e-commerce diz respeito a este modelo de pagamento ser unicamente democrático. Por ser viável para qualquer pessoa, por meio dele o leque de clientes para os varejistas é aumentado. Modelos como cartão de crédito, débito e entre outros, muitas vezes não são acessíveis para boa parte da população e o Pix é revolucionário justamente por considerar essa realidade!

5. O que mostram os números do Pix?

Para medir a eficácia de qualquer coisa, os dados sempre serão peça chave, funcionando também como orientadores durante a tomada de decisões importantes. E quando o assunto é Pix, dados não faltam! As estatísticas do Banco Central revelam que há no Brasil mais de 300 milhões de chaves Pix cadastradas. O pagamento instantâneo caiu no gosto dos brasileiros e traz diversas oportunidades para o mercado, impulsionando algumas transformações.

Dentro do e-commerce esse cenário também é otimista. Uma pesquisa realizada aqui pela Spin aponta que ouso do Pix no e-commerce tem se tornado cada vez mais popular, onde a média de crescimento por mês é de 50%. A tendência é que esse número só cresça, considerando, principalmente, o grande evento que movimenta o varejo online:** a BLACK FRIDAY.**

Ao que tudo indica, nos próximos capítulos o Pix seguirá sendo o protagonista entre as modalidades de pagamento. Se com menos de um ano de lançamento ele já está brigando pela primeira posição entre as formas de pagamento preferidas no Brasil, imagine o que vem por aí! Novas funcionalidades devem consolidar ainda mais o pagamento instantâneo no cenário atual.

6. Como ficam as funcionalidades do e-commerce após o Pix?

Funções como estorno e conciliação são fundamentais para o varejo online e existem dentro dos mais variados tipos de pagamento. Assim como outras funcionalidades, a conciliação e o estorno colaboram para que a experiência do cliente seja agradável. Com a chegada do Pix, ambas permanecem à disposição do consumidor e se você quiser saber como elas têm funcionado, continue por aqui que a Spin te explica por partes! Vamos lá?

  • Estorno: para quem finaliza a compra utilizando o pagamento instantâneo, o processo de estorno é ainda mais simples. Nessa situação, o valor é devolvido para a conta cadastrada na chave Pix que deu início ao pagamento.
  • Conciliação: o Pix é conhecido por sua instantaneidade e agilidade. Neste caso, a conciliação segue esse mesmo sentido. A modalidade de pagamento consegue adiantar as etapas necessárias dessa funcionalidade, trazendo vantagens para o e-commerce.

7. A importância de um intermediário para os pagamentos com Pix

Ter segurança durante uma transação de pagamento é um super atrativo para quem consome dos varejos online. O Pix, por sua vez, vai além disso, proporcionando também agilidade e eficiência aos consumidores. Mas para que isso seja feito de uma forma ainda melhor — atendendo às particularidades do e-commerce —, é que existe a solução de Checkout da Spin.

Assim como em outros segmentos, o Pix no e-commerce veio para facilitar, inovar e otimizar as experiências

Pensar que toda a jornada de compra está sendo cuidada por quem entende do assunto não é demais? Revolucionando dia após dia a jornada de compras nas plataformas que trabalham conosco, o Spin Checkout disponibiliza um layout simples e intuitivo para o cliente. A solução da Spin atende não só as demandas dos consumidores do e-commerce, conversando diretamente com os varejistas. A plataforma foi feita para aumentar a conversão de vendas a partir de tecnologia de qualidade.

Os dados do Banco Central só demonstram a necessidade de uma plataforma segura e intuitiva como a Spin Checkout. Segundo um relatório da instituição, até o final de julho de 2021, o volume de transações realizadas com o Pix já havia atingido 526,8 bilhões de reais. O Mercado Favo, plataforma de varejo online que trabalha com o checkout da Spin também demonstra a importância da plataforma. Desde o seu lançamento em novembro, o Pix cresceu em larga escala na cartela de clientes da Favo e o Checkout da Spin Pay fez toda a diferença nesse processo.

Se você ficou curioso(a) e quer entender como funciona a Spin Checkout e como as nossas soluções podem ajudar a transformar para melhor o e-commerce, clique aqui e confira o nosso conteúdo!

8. O futuro do e-commerce com o Pix

Entender para onde iremos com o Pix dominando o mercado financeiro requer pensar no contexto social em que vivemos atualmente. A pandemia de covid-19 com certeza foi um fator de grande influência neste último ano e continuará sendo um parâmetro ao considerar os futuros cenários. Aqui, estamos falando de diversas áreas da sociedade, o que sem dúvida alguma inclui a economia.

A inclusão financeira, que cresceu em 20% no Brasil impulsionada pela pandemia, é apenas um dos tópicos em discussão. Mobilizar as transformações dos meios de pagamento pensando em um ecossistema mais firme é o que move essa pauta. O crescimento do Pix somado ao avanço de bancos cada vez mais digitais, como o Nubank, são fatores que apontam um cenário cada vez mais tecnológico.

Em suma, para o e-commerce isso implica justamente em mais tecnologia! Acompanhar o ritmo das transformações digitais é não só necessário, como também inteligente do ponto de vista comercial. Os consumidores buscam o meio mais inovador, rápido, ágil e sem complicações, afinal, isso é o reflexo da própria sociedade. O futuro dos meios de pagamento está em nossas mãos e, no que depender da Spin, ele será tecnológico e acessível!

Baixe AQUI nosso e-book sobre COMO AUMENTAR A VENDAS COM PIX NA BLACK FRIDAY e entenda como a gente faz girar!

Leia também: