"Meu Pix deu erro, e agora?" Saiba como usar o Pix sem complicações

Escrito por: Letícia Santana

Foi fazer um pagamento e se deparou com o Pix fora do ar? Este é o conteúdo perfeito para você, afinal, não há nada melhor do que comprar sem obstáculos. Acompanhe o texto para saber o que fazer diante de cada situação!

Foi fazer um pagamento e se deparou com o Pix fora do ar? Este é o conteúdo perfeito para você, afinal, não há nada melhor do que comprar sem obstáculos. Acompanhe o texto  para saber o que fazer diante de cada situação!

Meu Pix deu erro, o que devo fazer? Como resolver o Pix fora do ar? Deu erro na chave Pix, e agora? Essas são algumas das dúvidas comuns entre os usuários do Pix. Assim, dar a resposta a cada uma delas é fundamental para seguir evoluindo. Para isso, você é um dos nossos convidados para a conversa.

Com um ano em funcionamento no Brasil, seria cedo demais para afirmar que o Pix já é gente grande? Não mesmo, os dados de crescimento do Pix quem o digam. O meio de pagamento conquistou os brasileiros por sua facilidade e rapidez,entregando de bandeja o que há de melhor para os varejistas: as taxas do Pix são mínimas, enquanto sua eficiência é máxima.

Movimentando mais de 550 bilhões de reais por mês, a forma de pagamento é uma das preferidas entre a população, que tem amadurecido gradativamente quanto ao uso do Pix e entender como funciona o pagamento instantâneo tem sido um processo do dia a dia para o público.

Esse meio de pagamento está cada vez mais avançado e convoca todos a seguirem na mesma direção. Por isso, eliminar o que ainda causa dúvida é para já. Se no meio do caminho tinha uma pedra, podemos dizer que com o Pix não mais.

Vamos juntos tirar todos os obstáculos da frente e construir um universo dos meios de pagamento mais simples e justo para todos? Acompanhe o texto para saber como usar o Pix sem complicações e leve este conteúdo adiante para alguém que também é fã de carteirinha dessa forma de pagamento. Vem com a Spin!

1. Erro no meu Pix QR Code

Se tem uma coisa que já faz parte da realidade dos brasileiros é pagar com Pix no e-commerce, não é verdade? O meio de pagamento é simples, rápido, bom e gratuito para os clientes (para o varejo as taxas do Pix são super baixas, clique aqui para saber mais).

Mas ao comprar online com o método de pagamento, pode acontecer um problema com o QR Code do Pix gerado pela loja que você é consumidor. O código apresentado pode ter perdido o prazo de validade ou se referir a uma chave Pix que não existe, por exemplo. Então, o que se deve fazer é avisar a loja ou em outras situações, avisar a pessoa a quem você está fazendo o Pix, sem complicações!

2. Erro por falha de comunicação

Se você costuma realizar pagamento com Pix ou fazer transferência usando o serviço, certamente já reparou que o método pede alguns poucos segundos para processar o pagamento, certo?

No entanto, esse período pode ser interrompido por umafalha de comunicação com o sistema do Pix, o que impede que a transação seja feita com sucesso. Nesse momento, a instituição de pagamento vai informar ao usuário o problema técnico, apresentando uma mensagem mais ou menos nesse teor: “Tivemos um problema de comunicação. Tente novamente."

Dessa forma, o que o usuário pode fazer é tentar fazer o Pix novamente depois de esperar um tempo, sem segredos! Não há motivos para pânico e preocupações, esse erro significa que o sistema está com alguma oscilação, por isso o Pix fora do ar naquele momento.

3. Chave Pix não foi encontrada

Lembra das principais dicas para usar Pix que ajudam na segurança do método de pagamento? Uma delas se refere à checagem dos dados antes de enviar um Pix a alguém. Verificar o valor, bem como olhar se a chave Pix que você colocou está correta é essencial.

Quando você faz esse procedimento e a instituição que você está usando para fazer Pix informa que a chave inserida não foi encontrada, existem algumas explicações. Você pode ter colocado a chave com algum erro, ou até mesmo usado uma chave Pix que ainda não está cadastrada.

Para todo caso, revise e corrija as informações da chave Pix e seja livre para fazer um novo Pix! Antes se liga no lembrete para não errar mais: os tipos de chave Pix são: CPF, CNPJ, chave aleatória, telefone ou e-mail.

4. Falha no Pix por saldo insuficiente

Agora estamos falando em erro no Pix por problemas na liquidação, combinado? Quando um Pix não consegue ser realizado com sucesso e a instituição informa que houve um erro na liquidação, existem algumas explicações.

Um problema no Pix ao liquidar a transação pode ser por saldo insuficiente, falha técnica, indisponibilidade da conta do recebedor ou até mesmo problemas no tempo limite para processamento. Se não é o seu dia de sorte e você se deparou com o Pix com problema hoje que tenha relação com a liquidação, tenha calma, há uma solução para cada tipo de situação.

Para problemas com o saldo, prosseguir com o Pix demanda colocar o dinheiro necessário na conta. Nos casos em que a conta do destinatário não está disponível, o ideal é falar diretamente com a pessoa para saber o que houve ou até pedir outra conta. Já em falhas técnicas e de tempo limite, sugerimos que você espere um tempo para tentar fazer o Pix novamente.

Mecanismo Especial de Devolução no Pix

Vamos falar de MED, ou Mecanismo Especial de Devolução? Para finalizar, não há nada melhor do que chamar para a conversa quem chegou para melhorar a experiência do usuário de Pix. Agora que você já sabe o que fazer ao se deparar com problemas no Pix, resolvemos trazer um bônus.

OMecanismo Especial de Devolução (MED) é uma super função do Pix. Na verdade, desde o começo, o MED sempre esteve ali... Agora, com um ano do Pix no Brasil, ganhamos um update dessa função — aliás, obrigado, Banco Central!

Naturalmente,a função permite ao destinatário que recebeu um Pix errado a possibilidade de devolvê-lo ao pagador.Mas, neste momento, o MED também é uma funcionalidade do Pix para resolver os prejuízos das fraudes no método de pagamento, fraudes causadas unicamente por crimes de engenharia social.

Nesse contexto,o Mecanismo se torna eficiente para erros cometidos por você mesmo na hora de usar o Pix e também para erros que não estão no seu controle, que são os golpes no Pix.Além dos próprios usuários terem a permissão de efetuar a devolução, as instituições de pagamento também ganham essa responsabilidade.

Aqui está a cereja do bolo: agora, em casos de falhas no sistema e problemas com fraude no Pix, essas instituições devem analisar as solicitações dos clientes para a devolução e realizar, através do Mecanismo Especial de Devolução, a devolução necessária.

O pagamento instantâneo está evoluindo demais e o potencial do Pix ainda tem muito a ser explorado. Por isso, é bom estar conectado com tudo o que acontece, afinal, quem usa Pix faz parte (e como!) dessa imensa galáxia.

Que tal assinar a nossa Newsletter para acompanhar tudo o que há de novidade com o Pix? Assim, você consegue aproveitar ainda mais os benefícios desse método de pagamento!

Leia também: